Dicas para quem pretende empreender em 2021

Eduardo Luiz - Viver Direito

Com o avanço da pandemia do novo Coronavírus, o mundo inteiro teve que se reconfigurar e se adaptar à nova realidade. Muitas empresas fecharam suas portas e outras estão se reinventando ao máximo em busca de soluções para enfrentar esse momento difícil. O desemprego no Brasil aumentou radicalmente, chegando a bater recorde no 3º trimestre de 2020 atingindo mais de 14 milhões de brasileiros.

Apesar da fase difícil, novos empreendimentos estão surgindo ou implementando ações para enfrentar essa crise. Segundo dados do Portal do Empreendedor do governo federal, entre fevereiro e setembro de 2020, foram mais de 1,15 milhão de novas formalizações no cadastro de microempreendedor individual.

As épocas de crises trazem muitas incertezas, mas também oportunidades. Algumas pessoas conseguiram ver a luz no fim do túnel nesse momento e empreender se tornou uma alternativa para driblar o desemprego.

No entanto, o empreendedor deve ter em mente um plano de negócios bem elaborado, um estudo do mercado onde pretende atuar e o seu segmento de atuação. O volume de vendas teve uma redução drástica para a maior parte dos segmentos que não trabalham com artigos de primeira necessidade. Se por um lado isso parece ruim para quem quer abrir um novo negócio, também pode ser encarado uma grande oportunidade para que o empresário consiga descontos generosos dos fornecedores e consiga empreender.

viverdireito.net

Eduardo Luiz, CEO da EPAR Business Expert, especializada em gestão, comenta sobre o cenário atual para o empreendedorismo: “O ideal é inovar, aproveitando as oportunidades que surgiram com a crise, incluindo as novas demandas. Em momentos de dificuldade econômica é necessário ter uma visão que fuja do imobilismo e, empreender buscando alternativas de sustento, pode ser uma saída honrosa e rentável. Mas é preciso seriedade, empreender deve ser encarado como uma mudança de comportamento e atitudes; é necessário muita determinação e criatividade para atingir os objetivos”. A grande vantagem é que empreendendo, pode-se ganhar mais flexibilidade na rotina, ter mais qualidade de vida e a possibilidade de trabalhar com algo que goste e do jeito que preferir”, afirma.

Porém, a busca por alternativas de geração de renda, nem sempre é fácil. A falta de experiência aliada a outros diversos problemas que podem aparecer no percurso, podem levar o negócio a fechar em poucos anos de atuação no mercado. Por isso, algumas dicas podem ser úteis aos que estão pensando em se aventurar no mundo do empreendedorismo.

O primeiro passo é escolher a área de atuação. Não é indispensável ter experiência. Contudo, conhecer e pesquisar sobre, é fundamental. Procurar saber como funciona, qual o público alvo, como estão as negociações para esse ramo…Quanto mais  o empreendedor souber sobre seu setor, mais vantagem terá em relação aos concorrentes. Outra dica valiosa é: fazer um planejamento financeiro. Entender as finanças auxilia a desvendar novas possibilidades e caminhos.

“Entender a vida financeira do negócio é essencial. Outra dica importante é ter uma estratégia sem medo de ousar, a menos que a ideia inicial do empreendedor seja extremamente original, negócios parecidos ou que ofereçam o mesmo tipo de serviço serão encontrados nessa jornada. Sendo assim, aprenda com eles. Observe a logística de funcionamento, isso pode auxiliar o surgimento de novas ideias para alavancar o negócio sendo um fator de diferenciação”, diz Eduardo.

Eduardo Luís, ainda comenta sobre os novos meios de oferta, “Com a pandemia, as redes sociais foram de grande ajuda para achar soluções para esse novo modelo de negócios. Muitas empresas começaram a oferecer o sistema de delivery e as vendas por meios digitais”, aponta. A internet pode e deve ser usada para ser aliada em um novo negócio”, afirma.

Independente do setor escolhido, é essencial investir na melhor experiência para o consumidor, afinal, são eles que definirão o sucesso ou não dos empreendimentos. “Mantenha um bom relacionamento e ofereça produtos de qualidade com atendimento personalizado. Esse relacionamento vai levar a fidelização e aumento do portfólio de clientes. Todo início é complicado. São várias dúvidas e problemas que aparecem. Mas é importante sempre lembrar que o sucesso depende de tempo, dedicação e persistência. Empreender em tempos como esse, onde as condições não estão favoráveis, não é uma escolha fácil, mas pode ser a sua chance de aproveitar aquela ideia e transformar em uma oportunidade rumo à mudança de vida”, conclui.

Veja também