“Aprovação de reformas estruturais é o principal desafio do Congresso Nacional”, afirma presidente da CNI

viverdireito.net Congresso Nacional

Ao parabenizar novos presidentes do Senado e da Câmara dos Deputados, Robson Braga de Andrade afirma que desenvolvimento do país depende do avanço de pautas urgentes, como a reforma tributária

Confederação Nacional da Indústria (CNI) considera que o principal desafio dos novos presidentes do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, será colocar em votação e aprovar pautas urgentes, há muito demandadas pela sociedade – em especial as reformas tributária e administrativa.

“Apenas com a implementação de reformas estruturais será possível reduzir o Custo Brasil, melhorar o ambiente de negócios do país, atrair investimentos e gerar mais empregos e renda para a população”, afirma o presidente da CNI, Robson Braga de Andrade. “É preciso também criar condições para a atração de investimentos em infraestrutura, por meio da modernização de marcos regulatórios, e que se busque incansavelmente o reequilíbrio das contas públicas”, acrescenta.

Para Robson Andrade, a atuação do Congresso Nacional é fundamental para o Brasil encontrar soluções adequadas à severa crise sanitária e econômica vivenciada pelo país em função da pandemia da Covid-19.

  • viverdireito.net
  • viverdireito.net

“Confiamos na capacidade de liderança do senador Rodrigo Pacheco e do deputado Arthur Lira, e que eles saberão levar o parlamento a aprovar, com a urgência que o caso requer, as medidas necessárias não apenas para a proteção à saúde da população e a retomada da economia, mas também para que o Brasil consiga inaugurar um ciclo de desenvolvimento sustentado”, afirma o presidente da CNI.

  • viverdireito.net
  • viverdireito.net

Veja também